Você sabe quais são os passos básicos da prospecção mineral? Sabem como podem ser definidos? De forma geral, a prospecção mineral se estabelece a partir de onde conseguimos achar uma determina substância, de como conseguir encontrá-la e qual é o valor econômico da substância em questão.

Primeiro Parágrafo

Este trabalho inicial é feito por uma equipe preparada para tal, um conjunto de geólogos e técnicos em geologia. O trabalho é identificar as reservas de possíveis minerais.

As prospecções partem de orientações para a procura de minérios de metal como a galena, quando se pretende chumbo, ou a torbernite quando se pretende cobre. Em outros casos, as pesquisas poderão ser realizadas a partir de não metais como o quartzo, o fosfato e comumente o carvão.

A preparação

Inicialmente, o geólogo terá que definir as rochas ou formações geológicas e as melhores chances de concentração.

A preparação para a prospecção mineral se inicia com pesquisas geográficas e estudos de mapas geofísicos e geológicos, valendo-se de relatórios disponíveis. Diálogos com habitantes são bem recomendáveis.

Outro aspecto relevante no início é certificar-se se há a existência de bases cartográficas, geológicas e topográficas e se estão disponibilizadas em escalas adequadas ou em estudos a ser desenvolvidos. Senão o geólogo responsável terá que efetuar mapeamentos necessários.

Quando o foco da pesquisa é um minério específico, e quando inexistem ocorrências parecidas, devemos analisar em primeira instância quais os tipos de rocha poderão mesmo ser fonte do mineral.

Entretanto, quando ocorrências ou minas já existem, podem ser usadas como bases para indicações substanciais sobre a possível posição das jazidas. Após isso, estando os alvos de pesquisa bem definidos, o próximo passo é escolher os métodos de prospecção mineral mais específico e adequado para o trabalho.

O trabalho de campo na prospecção mineral

O trabalho de campo é feito a partir de visitas iniciais, que podem ser feitas a pé ou por meio de veículo. A intenção é se familiarizar com o terreno, e já examinar os afloramentos, ocorrências conhecidas e corte de estradas ou taludes. Nesta etapa, existem três formas de começar:

  • Próximo de ocorrências ou de minas;
  • Fazendo a prospecção mineral em áreas conhecidas e trechos paralelos;
  • Realizando a prospecção por meio de sistemas de drenagem, estradas, pistas, entre outros.

Em muitas situações, na etapa inicial, devem-se usar helicópteros por causa da vegetação densa e remota, principalmente na região amazônica. De fato, o conhecimento detalhado e profundo da geologia local é a condição básica para um plano de pesquisa de sucesso. Além de outros fatores como as condições estruturais, a estratigrafia e petrografia do trecho.

Aprofunde seu conhecimento:

Banner Newsletter