O grupo de metais preciosos é composto por dois metais para cunhagem de moedas, seis metais do grupo da platina e um metal considerado o último elemento estável natural a ser descoberto. Com exceção de ouro e prata (os metais de dois cunhagem), o resto dos metais preciosos registraram descobertas.

Primeiro Parágrafo

Na lista a seguir, são fornecidas os nomes dos descobridores e etimologias do nome dos sete metais preciosos (novamente, aqueles com descobertas gravadas). O ano da descoberta de cada um desses elementos, tal como apresentado aqui, refere-se ao ano quando o elemento foi identificado como o elemento puro. São também fornecidas suas etimologias do respectivo nome.

Metais preciosos – Origens

1. Platina – Antonio de Ulloa, um explorador espanhol e astrônomo, geralmente é creditado com a redescoberta moderna (em 1735) da platina. Este metal precioso na verdade foi primeiramente descrito em 1557 por Giulio Cesare della Scala, um médico italiano, ele foi o primeiro a encontrá-la, por acaso, em uma mina de prata na América do Sul, platina foi nomeada como tal, após a palavra espanhola “platina”, que se traduz em “pequena prata ou pratinha”.

2. Paládio – William Hyde Wollaston, um químico e físico inglês, descobriu paládio em 1803 em amostras de minério de platina obtido da América do Sul. Ele deu nome do asteróide Pallas, que foi descoberto em 28 de março do ano anterior.

3. Ósmio – Smithson Tennant, um químico inglês, descobriu o ósmio em 1803, de resíduos de minérios de platina que foram dissolvidos em ácido nitro- clorídrico. A característica do ósmio de ter um mau cheiro que levou à sua nomeação como tal, que foi derivada da palavra grega “osme”, a palavra significa “cheiro”.

4. Irídio – Smithson Tennant descobriu o irídio em 1803, ao mesmo tempo de sua descoberta do ósmio da mesma solução de minérios de platina. Irídio é nomeado derivado da palavra em latim “iris”, que significa “arco-íris”.

5. Ródio – William Hyde Wollaston o descobriu em 1803, pouco tempo depois ele descobriu paládio. Ele descobriu este metal precioso de amostras de platina brutas obtido a partir da América do Sul. O nome ródio foi derivado da palavra grega “rhodon”, que significa “rosa”.

6. Rutênio – Karl Karlovich Klaus, um químico russo e naturalista, geralmente é creditado com a descoberta de rutênio (em 1844). Descobriu-o a partir de amostras de minério de platina que obteve do montes Urais na Rússia. Ele chamou este metal precioso nome “Ruthenia”, palavra em latim para Rússia, país de origem do Klaus.

7. Rênio – uma equipe de químicos alemães, composto por Walter Noddack, Ida Tacke e Otto Carl Berg, descobriu o rênio em 1925. Eles descobriram o elemento em amostras do mineral de platina, bem como no mineral columbita. Eles o batizaram com a palavra em latim “rhenus”, para “Reno”, um dos mais longos e mais importantes rios europeus.

Metais preciosos - Ouro
Metais preciosos – Ouro

Quanto aos metais preciosos ouro e prata, ambos são conhecidos por serem usados desde os tempos antigos (ouro estava em uso provavelmente tão cedo como antes de 6000 A.C., enquanto a prata provavelmente tão cedo como antes de 5000 A.C.). O nome “ouro” derivou-se da palavra latim “aurum”, que se traduz como “brilhante”. O nome “prata”, por outro lado, é de do latim vulgar “platta”.

Banner Newsletter