Muitas são as aplicações dos minérios ou minerais em nosso cotidiano, e eles aparecem em praticamente todos os momentos de nosso dia a dia, nos lembrando de sua importância dentro da história humana. Todos sabem que esses minérios são minerados da subsuperfície através de minas a céu aberto ou subterrâneas, mas para que ele chegue até o usuário final ou consumidor, ele precisa passar por várias etapas de processamento. Pois é sobre isso que vamos falar nesse artigo, mais precisamente sobre as etapas da cominuicão de minérios, que é dividida em britagem e moagem. Portanto, se você ainda não entende muita coisa sobre o assunto, preste atenção!

Primeiro Parágrafo

Como funciona a Britagem na cominuição de minérios?

A Britagem é considerada o primeiro processo de fragmentação, e também o mais importante na cominuição de minérios, segundo os especialistas, pois é responsável por boa parte do que se entende por beneficiamento mineral. Há um grande número de variedades de britadores, sendo que os mais comuns são os seguintes: mandíbulas, giratório, cônicos, rolo simples, rotativo, rolo duplo, impacto e martelos, etc..

Cominuição de minérios: Britador de Mandíbulas...
Cominuição de minérios: Britador de Mandíbulas…

Após o minério ser extraído da mina, os blocos são encaminhados ao britador para que sejam reduzidos a uma granulometria conveniente para alimentação dos moinhos ou para sua utilização direta. Dentro do processo de cominuição de minérios, a britagem é responsável, entre outras coisas, pelo tamanho e pela forma dos fragmentos de minério, tendo os processos divididos em secundário, terciário e quaternário, sendo que este último é mais utilizado para produzir areia. As dimensões dos blocos vindos da mina (ROM) irá definir qual britador deverá ser utilizado no primeiro processo de britagem. Caso a granulometria desejada não seja atingida no primeiro processo (britador primário), o material resultante desta primeira britagem é encaminhado ao britador secundário, onde geralmente a granulometria desejada é alcançada. Após isso, o material é direcionado à moagem.

Como funciona a Moagem?

Considerada como a sequência natural do processo de britagem, a moagem é a chamada fragmentação fina, que representa o último estágio da redução granulométrica na cominuição de minérios. Aqui as partículas são reduzidas pela combinação de impacto, compressão, abrasão e atrito, a um tamanho adequado à liberação do mineral, geralmente, a ser concentrado nos processos subsequentes. Ela é realizada por meio da utilização de moinhos de cilíndricos (bolas, barras ou seixos) ou moinhos de martelo. Sendo os cilíndricos os mais utilizados. Moinhos cilíndricos de bolas utilizam bolas como meio moedor e são utilizados para moagens mais finas. Moinhos cilíndricos de barras são utilizados para moagem mais grossa e utilizam barras como meio moedor. Também suportam uma alimentação grossa de até 50 mm, alguns também os consideram como máquinas de britagem fina. Por ser responsável pela fragmentação mais fina do minério, a moagem também é o processo mais oneroso dentro da cominuição, gerando custos altos, de acordo com o tamanho das partículas de minério resultantes do processo.

Imagem: Skiffm Anatoly

Banner Newsletter